A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

CANCHA RETA III - Formula Ford 1971.

TRÍPLICE COROA

Pedro Victor
Largada com Chico na pole ao seu lado Clovis e Pedro Victor.
Pedro Victor atrás o #45 de Marivaldo.
Clovis Moraes
A nova carenagem desenhada por Anísio Campos inspirada na Lotus 72 não deu certo!


A segunda prova do Brasileiro de Fórmula Ford de 1971, na pista de Interlagos e com o nome de Campeonato Brasileiro de Velocidade, contou com uma assistência ilustre. A corrida foi a preliminar do Torneio Internacional de F2, e deve ter atraído a atenção dos gringos para a Fórmula Ford “do lado de baixo do Equador”. Após um desempenho superior nas etapas iniciais, Chico Lameirão, desta vez correndo em casa, cravou a pole position com 3m25s6/10. Próximos, vinham Clovis de Moraes e Pedro Victor DeLamare. Tudo fazia crer num grande pega entre estes pilotos mais o gaúcho Claudio Muller, pela ponta. Mas Lameirão, envolvido em uma batida entre cinco carros no Retão, saiu da disputa logo na primeira volta. Pensando sempre no desenvolvimento de seu carro, o monoposto do Chico apresentava novidades: frente em forma de cunha e radiadores laterais. Enquanto o líder do campeonato buscava os boxes para reparos, DeLamare e Clovis disputavam entre si o primeiro lugar. Muller disputava a terceira posição com Marivaldo Fernandes. Quando conseguiu desvencilhar-se de Marivaldo, Claudio Muller se meteu na briga dos ponteiros e chegou até mesmo a liderar, mas Pedro Victor acabou levando vantagem e venceu a série, na frente da dupla gaúcha Muller-Clovis. Na segunda bateria, sem a presença de Chico Lameirão, que desistira depois de uma saída de pista no fim da bateria inicial, a briga iria ser entre DeLamare, Claudio Muller e Clovis de Moraes, que haviam feito mudanças na relação de marchas de seus monopostos. Disputa empolgante, o trio se revezou na ponta, com Marivaldo Fernandes acompanhando-os à distância. Nas voltas finais, Claudio Muller era o líder e PV queria surpreendê-lo na volta derradeira, mas quem tirou o coelho do capacete foi Clovis de Moraes, vencedor, seguido de Claudio Ricardo Muller e Pedro DeLamare, que assim assumiu a ponta do campeonato brasileiro e do certame paulista também. A etapa seguinte seria novamente em São Paulo e ofereceria a chance de DeLamare ampliar a liderança ou uma reação de Chico Lameirão ou ainda uma surpresa gaudéria. O que iria ser?


CARANGUEJO



Agradeço à Rogério Da Luz.
link

terça-feira, 25 de novembro de 2014

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Formula Um - Abu Dhabi 2014



Finalmente terminou o campeonato que tantas modificações trouxe e não poderia terminar de melhor forma, com o melhor piloto da temporada sendo campeão. Certo que Lewis tinha o melhor carro mas nunca se deixou abater por resultados adversos, muito menos por uma ou duas presepadas de Nico como aquela de Mônaco, foi tranquilo para a última etapa e largou para a vitória. Teve maturidade à certa altura da corrida para dizer ao seu box que Felipe Massa não era o adversário e  fez sua corrida que como sempre é no limite, um campeão de verdade.

Felipe Massa

Felipe Massa depois de longos anos fez sua melhor corrida, talvez a melhor de sua carreira, recebendo a bandeirada com um ótimo segundo lugar.
O resto é estória que talvez gente que saiba muito mais que eu conte por aí!

Salve Lewis...Salve o Campeão!

Rui Amaral Jr

 Melancólico final de temporada para Ferrari.


RESULTADO 

1 — Lewis Hamilton (Mercedes)
2 — Felipe Massa (Williams)
3 — Valtteri Bottas (Williams)
4 — Daniel Ricciardo (Red Bull)
5 — Jenson Button (McLaren)
6 — Nico Hulkenberg (Force India)
7 — Sergio Pérez (Force India)
8 — Sebastian Vettel (Red Bull)
9 — Fernando Alonso (Ferrari)
10 — Kimi Raikkonen (Ferrari)


MUNDIAL DE PILOTOS

  
1Lewis Hamilton (ING/Mercedes)      384
2Nico Rosberg (ALE/Mercedes)         317
3Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault) 238
4Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) 186
5Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) 167
6Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 161
7Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 134
9Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes)



VÍDEO MELHORES MOMENTOS 


Fotos; Ferrari, Formula Um divulgação

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Conta Chico - Vila Real


 "...pois é RUI,  a foto 'e na segunda ponte do circuito , dentro da cidade de VILA REAL e após ela tem uma curva 'a direita de baixa velocidade feita em  segunda marcha e após esta começa uma grande reta ainda em nível """ O""" onde em seus ultimo1/4 começa a descer- se chegando ao final dela a mais ou menos uns  210///215 KLMs/ hora. Chama- se a reta da TIMPEIRA. Justamente n o começo desse 1/4 tem uma curva que 'e feita  p'e em baixo e foi aí que me quebrou o BOOL JOIN da roda T.D. dando eu com isso 4  //360  graus em que no meio do primeiro fiquei  com somente duas rodas apoiadas no asfalto......!!!!!! mas a bem da verdade o  """" BARBUDO LÁ  de CIMA"""" não quis que eu batesse em nada......!!!!!!!!
O carro No 18 é de meu amigo JORGE PINHOL , que algum tempo depois fez ótimas corridas com protótipos LOLA com ótimos tempos em SPA  na BÉLGICA cujo companheiro de corrida foi MARIO CABRAL, famoso piloto português , amigo também de FRITZ D'OREY , pois corria também na mesma época dele na FORMULA UM.......
O circuito de VILA REAL , foi sem duvida alguma , o mais destemido em que pilotei , pois era  de longos trechos de estrada (((( 80 %))) com o restante trechos de rua e realmente era perigoso como qualquer circuita deva ser.......!!!!!! não esses de hoje em dia feitos em COMPUTADOR , realmente RIDÍCULOS. -!!!!!!!!!  Digo de. """" de boca cheia"""" que tenho muito ORGULHO de la ter corrido , em VILA REAL.
Meu carro não estava devidamente acertado para lá, pois seu eixo dianteiro estava  muito """ grudado""" fazendo com isso que ficasse com a traseira bem """ arisca""", não adequada para esse  tipo de circuito, mas valeu a pena sem duvida alguma.....!!!!!!

Abraço amigo a você e a todos  os apaixonados  das corridas de VILA REAL........


Abraço Chico Lameirão"

Chico à frente de Jorge Pinhol.

Pois bem...fui convidado à participar no Face de um grupo, o Circuito Internacional de Vila Real, já havia feito um post sobre o que acredito ser a primeira vitória de um Jaguar em corrida internacional e fora isto lembrava de uma conversa com o Chico à mais de trinta anos atrás sobre a sua única corrida no circuito e de como ele o achava sensacional, suas retas, duas passagens sobre  trilhos...na corrida ele vinha em terceiro quando quebrou uma de suas suspensões traseiras e deu mais de três giros 360º à 200 km/h. 
Outro dia mostrei a foto que aqui se encontra no alto do post e de lá o amigo português José Motta Freitas mostrou as outras duas, a do Chico à frente do carro de Jorge Pinhol e a classificação final da prova.
Daí comentando com ele ao  telefone ele falava e eu ia digitando, acontece que digito apenas com dois dedos e olhando o teclado então vocês pode imaginar  como foi...foi sublime! 
Ontem ou anteontem ele me envia este e-mail e pede para que eu coloque no grupo, daí agora resolvi mostrar à vocês, não pedi permissão à ele, conversamos à tarde e não tinha sequer pensado em fazer este post, agora quase 23 horas é tarde para ligar, então taí, amanhã conto!   
Obrigado à todos amigos do grupo que comentaram e curtiram, especialmente à Francisco Vieira E. Brito e José Mota Freitas e à todos um forte abraço.

Rui Amaral Jr